Sábado, 17 de Setembro de 2005

You're ready to fly. I'm ready to crash

Eu sou o primeiro ou você já fez isso com outros?
Há mais algum?
Há mais alguém que detenha em sí os efeitos desastrosos da aproximação com você?
Me fale... tem mais alguém com quem eu possa compartilhar essa sensação tão ruim de perda e ridículo? Tem mais alguém? Me dá o endereço... o telefone... o email.
Se houver eu quero saber se as sequelas são as mesmas.
Se houver, eu quero saber se a respiração desse alguém pára quando ele se recorda do quanto está esticando os braços pra encostar nas asas e ao mesmo tempo, no quando seus tornozelos estão presos no chão por onde ele se esfrega e não rasteja. Não! Ele não rasteja!
Se houver, me fale onde posso encontrar essa vítima. Ela vai poder me dizer as coisas que ouviu de você e eu vou poder comparar com as que eu ouvi. Será que foram as mesmas? Será que você também sorriu pra ela? Será que disse que estava se sentindo muito feliz? Será que você também fez parecer que tudo era perfeito?
Me diz onde está se houver. Eu quero companhia pros meus sentimentos de mediocridade.
Aproveita e me conta sobre as suas noções de fantasia. Aproveita e me fala até onde você vai. Cadê a fitinha amarrada? Você já demarcou os limites? Já fabricou as pílulas pra evitar as paixonites alheias?
Como é que você consegue? Me conta! Me conta como você consegue virar as costas e não olhar pra trás! Me conta como você faz pra não sonhar... Não! Melhor ainda! Me conta porquê eu não estou nos seus sonhos... Não! Não... apaga esssa parte! Todo mundo tem o direito de sonhar com quem quiser. Me conta até onde Eros corre no seu sangue. Até onde Morpheu genealiza-se em você. Me conta dos deuses que você adora. Me explica porque é tão difícil expurgar você de mim...
Te ensinaram isso? Em qual escola? Gostaria de aprender, mas acho que minha inclinação pra crença é auto-didata (é assim que se escreve isso?).
Me conta qual o tom dos seus recomeços.
Me conta sobre a sua capacidade de adorar-se. Me conta da sua fascinante auto-suficiência. Me conta porquê é tão ruim pensar que suas particularidades serão dedicadas à outras pessoas. Me conta sobre o seu novo amor. Aquele que despertou em vc essas coisas que vc despertou em mim. Me mostra o botão que ele apertou. Porque eu procurei e sofri um curto.
Me conta o que você faz pra não ouvir.
Me conta porquê as palavras não te tocam. E se tocam, porque elas não tocam a música que eu compus?
Me faça uma lista das frases feitas que eu ainda não usei. Vamos comparar com a lista de 'porquês" que eu impreco a Deus todos os dias. É tudo rota de colisão mesmo... E na minha estrada, quem não colide passa indiferente. Eu estou sempre no acostamento... enguiçado...esperando carona.
Me mostra onde você pode me aborrecer. Me mostre onde eu te aborreço. Podemos insistir na colisão. Me conta sobre tudo de bom que você já viveu e de todos que você quis conquistar. Me envenene com a sua felicidade passada e me sufoque com suas expectativas pra um futuro onde não estou... Me fale dos anteriores. Me mostre com quem posso pegar o pote de fel que todos os que te rodeiam, passam adiante. Eu prometo enchê-lo até a borda!
Me esclareça as dúvidas que geram meus anseios.
Me fale dos seus escudos. Onde está essa fenda que eu não consegui encontrar?
Eu perdi muita coisa pelo caminho. Muita força de vontade, amor próprio e dignidade foram escorrendo por onde eu te seguia. Me mostra como você consegue não deixar rastro algum.
Cadê a placa que dizia que você não era o destino?
Cadê o aviso que impedia as origens?
Me conta como você consegue? Me conta como eu não consigo?
Eu queria me ver como te vejo.
Acho que iria me sentir melhor. Ver a sujeira que me contamina sendo liberada por mim. Isso seria libertador.
Me conta...
Sacie meu último desejo vexatório.
Me conta... porquê.









Dobrado Por Henrique Haddefinir às 16:26
Link | Dobre (comente) | favorito

Tudo Sobre Ele

Pesquisar Dobras

 

Setembro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

Ontem

Voltamos já...

Fundo Sem Garantia

Um "Eu Amo GLEE" enorme n...

Glee, sua linda.

A Cabecinha do Hond#$%@##...

Sala de Projeção: Marilyn...

Titanic 3D

Agora sim...

Tô quase me rendendo...

Thammy Ae!

Vida Real Pra Quê?

Lua de Sinteco

Sala de Projeção

BBB12 - Selva Dentro e Fo...

M-A-D-O-N-N-A Pra Quem En...

Páginas Viradas

Setembro 2012

Agosto 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Tags

todas as tags

Links

Autógrafos

Assine meu Livro
blogs SAPO

subscrever feeds