Sábado, 28 de Outubro de 2006

Tópicos

 


 Tenho em mente a escrita de posts sobre os seguintes assuntos:

1. O quase um ano de namoro entre o Gustavo e eu.
2. O dia em que eu e ele fomos parados pela polícia.
3. A crítica ao CD do Keane.
4. Outras críticas de filmes.
5. Algumas críticas de séries.
6. O encerramento do II Festival de Teatro aqui da cidade.
7. O clima de fim de ano e o fechamento de determinados ciclos.
Infelizmente, faltam-me tempo e disposição pra escrever tanta coisa assim no tempo do qual disponho. Vou torcer pra levar alguma coisa adiante nos próximos dias.
See you soon...
Estou me sentindo...:
Dobrado Por Henrique Haddefinir às 18:21
Link | Dobre (comente) | favorito
Domingo, 8 de Outubro de 2006

Puxão de Orelha 1

ATLANTIS

É uma pena que eu tenha que começar as minhas pequenas resenhas literárias com um livro tão ruim...
A obra de David Gibbins é no mínimo... confusa.
Já começa errando na propaganda: na contra-capa temos algumas daquelas frases retiradas de criticas de jornal e revista. Uma delas diz que "os leitores de Dan Brow vão adorar". E daí?
Também não gosto muito do Dan Brow e talvez por isso Atlantis tenha me descido tão mal, mas eu acho que nem mesmo os súditos do Sr. Código Da Vinci vão apreciar essa estapafúrdia história sobre o reino perdido de Atlântida.
O primeiro item na lista de equívocos de Gibbins é o plágio! O livro fica o tempo todo à sombra de Dan Brow. O tempo todo em busca de uma estrutura parecida e nesse intuito, não mede esforços: temos o especialista em artefatos se envolvendo com uma estudiosa charmosa e estrangeira que tem até mesmo (pasmem!), uma ligação também genética com um dos personagens chave da história.
É como se Dan Brow usasse a fórmula e Gibbins fizesse uma reciclagem dela. O resultado é risível! Em momento algum dá pra acreditar naquele enredo tosco que mistura a descoberta do protagonista e uma pseudo perseguição sofisticada demais que não aumenta a adrenalina de ninguém (coisa que Brow, pelo menos, conseguia fazer).
Outro deslize absurdo é a falta de olhar externo do autor. Gibbins é um arqueólogo respeitado. Óbvio que escritores acabam sempre escrevendo sobre aquilo que conhecem melhor, mas Gibbins não tem o menor senso comercial e afunda seu livro num oceano de chavões técnicos e descrições de equipamentos que soam quase uma piada proposital de seu autor. São páginas e páginas de uma empolgada homenagem a todo aquele aparato que deve ser o delírio de qualquer especialista como ele. No entanto, pros leitores é um saco. Parece um manual de instruções. E ao passo em que as descobertas vão sendo feitas, o entusiasmo do autor vai se tornando cada vez mais injustificado, visto que sua despreocupação em tornar aquele trajetória próxima dos leitores faz com que nada daquilo que maravilha os personagens seja importante pra quem está lendo.
A frase "uma descoberta que mudará o curso da humanidade" é repetida inúmeras vezes e perde o sentido a cada vez que é proferida. Gibbins chega a um extremo tão grande de asnice que, numa ingênua (só pode ter sido ingenuidade) virada na história, aniquila completamente tudo que foi descoberto, tornando aquela "mudança toda na humanidade" uma história sem próposito maior ainda.
Ah, e tem a história... Comecei a ler o livro empolgado em saber mais sobre até onde era verdadeira a história de Atlântida. E pouco se fala na civilização em sí. O livro é uma saga em busca do que restou dela. E depois de capítulos e capítulos explicando procedimentos e eventos naturais, chegamos à conclusão que a cidade não era um metáfora como se pensava e muito menos um segundo nome pra uma outra civilização realmente comprovada que situava-se próxima e que foi destruída pela erupção do Thera, que provocou uma grande tsunami que inundou a ilha.
Jack Howard (outro Jack... o que os americanos tem com esse nome?? Deve ser alguma espécie de mensagem subliminar... Os heróis de toda coisa de sucesso se chamam Jack) descobre a civilização perdida nos domínios de um vulcão. Temos boas descrições de santuários e tudo mais... Mas as relações vazias entre os personagens são muito entediantes. E pior ainda é quando Gibbins tenta estreitá-las. A cena em que Jack e Katia se beijam é sofrível e mais ainda é a que Jack e Costas trocam juras de amizade eterna.
Enfim... tudo é muito ruim. Até mesmo a opção da editora em situar os diálogos dentro dos parágrafos, só separados por àspas, e que torna a leitura visualmente maçante.
Poderia ser um grande livro se, ironicamente, ele tivesse MESMO copiado a fórmula do Código Da Vinci e aproximado o público de uma realidade onde o mais importante que descrever a técnica que leva à revelação, é preparar tudo pra que aquilo seja revelado. E envolver o leitor em uma expectativa narrativa. Atlantis não nos envolve em nada. E toda a mágica e mistério que envolve a civilização perdida, se perde numa emaranhado de jargões desnecessários que visam somente mostrar o grande conhecimento de David Gibbins na área que o graduou.
Uma pena.

 

Dobrado Por Henrique Haddefinir às 16:06
Link | Dobre (comente) | favorito

Tudo Sobre Ele

Pesquisar Dobras

 

Setembro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

Ontem

Voltamos já...

Fundo Sem Garantia

Um "Eu Amo GLEE" enorme n...

Glee, sua linda.

A Cabecinha do Hond#$%@##...

Sala de Projeção: Marilyn...

Titanic 3D

Agora sim...

Tô quase me rendendo...

Thammy Ae!

Vida Real Pra Quê?

Lua de Sinteco

Sala de Projeção

BBB12 - Selva Dentro e Fo...

M-A-D-O-N-N-A Pra Quem En...

Páginas Viradas

Setembro 2012

Agosto 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Tags

todas as tags

Links

Autógrafos

Assine meu Livro
blogs SAPO

subscrever feeds