1 comentário:
De Monique Bomfim a 13 de Dezembro de 2010 às 12:13
Moro aqui na fronteira bem resolvida do fim do mundo há quase 10 anos. Passei 8 desses anos sem visitar minha cidade, o Rio. Recentemente, precisei voltar lá durante algumas semanas à trabalho, e toda a saudade que sentia tomou conta de mim assim que desci do ônibus em Botafogo e ao olhar para cima, me vi aos pés do Cristo Redentor. Uma emoção que adiei tanto...
Por isso, muito me entristece o que acontece na cidade, a calamidade pública, a praça de guerra, o medo da população, a desorientação dos bandidos. Enfim, o caos. Mas nada disso me impede de analisar a ironia do destino ao permitir que tudo isso acontecesse logo após o lançamento do Tropa de Elite 2. Filme aliás que até os própios meliantes devem ser fãs. Porém, como visto a tropa precisou da ajuda até das Forças Armadas para combater a elite do tráfico. Muito irônico. Triste. E agora, quem poderá nos salvar?

Comentar post