Quarta-feira, 26 de Abril de 2006

Bradando Pela Esperança


Sonhos, sono, torpor, inconsciência...
Sexo, desejo, paixão, ciúmes, amor, insegurança...
Família, história, escolhas, ausências...
Consequência.

Os deuses não ignoraram as reviravoltas do roteiro que tinham em mãos e agora, o Gustavo dorme pesadamente ao meu lado enquanto eu ajusto em orações e verbos, os meus sentimentos com relação a tudo que aconteceu.
E tudo aconteceu.
Embora seu sono soberano tenha vencido as implicações da sua mente, o homem aqui ao meu lado destendeu a linha muscular das seguranças de seu mundo.
E dobrou...
Então é isso: esse é mais um capítulo das dobras perispíritas da minha vida. Hoje, seguindo a propulsão dos movimentos dele. Mas ainda assim, uma dobra. Como são todos os movimentos em que duas pontas outrora paralelas, se encontram de súbito, interrompendo o trajeto retilíneo de uma antes segura formação.
Pra quê tudo isso?
Agora a esposa dele sabe! Sabe e por ventura, propaga.
É uma nova tormenta se formando ao norte. Visto que dobras deixam marcas e papéis dobrados, nunca mais voltam ao seu formato original.

Associação de idéias. Tentativa anterior confusa.
Sonhos, sono, torpor, inconsciência... Correlação? (é junto ou separado?). Fuga da realidade. É junto!!!
Sexo, desejo, paixão, ciúmes, amor, insegurança... Há ligação? (rima, rima com cisma). Não!! Não?
Qual a ligação entre expressões com tanto egoísmo? Egoísmo unificado. Dúbio. Egoístas porém carentes: todos necessitam de um interlocutor.
Família, história, escolhas, ausências... Cadê a linha que rege a trilha? Esses não precisam de paralelos pitorescos. Somos nós em essência. Sou ele. Ele sou.
Consequência! Ponto final de uma escala que finda.

Sou eu e o Gustavo numa cruzada até algum confim sagrado. Manchados de culpa e medo até a alma. Doentes de amor. Sedentos de redenção. Desfrutando do elixir do temor eterno: a consciência.
Cedendo à evidência constante de que minha personalidade só cria objetos de melancolia, eu me rendo ao fluxo social e admito: minha estrada precisa rachar e eu preciso sofrer.
Preciso?
Eu suponho que sim.
Se minha vida é o soap-opera que eu fantasio ser, não há nada mais natural do que coroar de reviravoltas as minhas possibilidades tolas de sorrir.
Posso escrever muitos posts sobre essa mágica que vivi com o Gustavo? Posso!
Posso escrever liturgias lúbubres sobre a morte das minhas esperanças? Posso!!
Posso homenagear a tristeza que invade a minha alma que desafiou Murphy e acreditou que sua hora de vibrar havia chegado? Sem dúvida, posso!!
Por dentro eu choro líquidos nocivos e amargos.
E sou dramático. Sou porque a situação não está de todo resolvida. E no meio das escolhas que ele precisa fazer, pode ser que eu tenha uma chance de sair com alguma coisa.
Mas a pergunta é... Cadê aquele nível onde as relações terminam foscas, como na letra lamentosa de "Quem havia de dizer"?
Mitos. Mitos. Mitos. Mitos.
Até minha mãe consola as minha horas de aflição (Deus sabe que eu agradeço como um louco essa chance que minha mãe me deu de ser honesto). E na minha cabeça, flutua a imagem do Gustavo sentado conversando com ela no dia do almoço em minha casa.

Por um segundo eu pensei que...
Sei lá.
Por um segundo eu pensei.

Ainda há tempo pra que eu seja desarmado das minhas lamúrias. Ainda há tempo pra que me privem do meu arsenal de pesares.
Deus, neutralize a minha munição!
E nos dê a absolvição desse amor.
Pra que ele não morra por um fiapo latente das exigências do presente.
E sim pelas mãos do tempo... Como é a ação do tempo sobre todos aqueles que fantasiam a eternidade de estarem juntos.
Dobrado Por Henrique Haddefinir às 20:08
Link | Dobre (comente) | favorito
1 comentário:
De Lua a 6 de Maio de 2006 às 17:30
Ainda creio que vc prevê demais e pensa muito meu amor.Sua amiga é absolutamente inconsequente mas sera que não ta na hora de cinco minutos de devaneio pra ver oq a vida te reserva ou ja te entregou?
Bj meu lindo e espera so mais um pouco, apesar doque parece sua amiga é pobre e ta juntando uma grana pra comprar seu cd, aiii que vergonha, ja daria pra eu estar rica de tanto tempo neh, mas calma, é sempre uma coisa pra pagar ,mas compro seu cd ta!
Bjs e mais bjs!

Comentar post

Tudo Sobre Ele

Pesquisar Dobras

 

Setembro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

Ontem

Voltamos já...

Fundo Sem Garantia

Um "Eu Amo GLEE" enorme n...

Glee, sua linda.

A Cabecinha do Hond#$%@##...

Sala de Projeção: Marilyn...

Titanic 3D

Agora sim...

Tô quase me rendendo...

Thammy Ae!

Vida Real Pra Quê?

Lua de Sinteco

Sala de Projeção

BBB12 - Selva Dentro e Fo...

M-A-D-O-N-N-A Pra Quem En...

Páginas Viradas

Setembro 2012

Agosto 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Tags

todas as tags

Links

Autógrafos

Assine meu Livro
blogs SAPO

subscrever feeds