Segunda-feira, 16 de Maio de 2011

Glee - Prom Queen

 

Mais uma vez, Glee nos entregou um episódio impecável na semana passada.

O maior dos clichês do universo escolar americano, o baile de formatura, estava demorando a ser retratado na série. Mas a espera não poderia ter sido mais bem recompensada. Depois do fraquinho Rumours, a segunda temporada engata um início de season finale que pelo jeito vai tirar a gente do sério.

 

São tantos os pontos positivos do episódio que talvez eu deva citar apenas aquele que considero o elo fraco dele: Sue. De repente, com muita tristeza, percebi que a personagem só existe pra mim por uma razão: as participações de Becky. Depois de tanto caricaturismo, parece que Sue foi condenada a um marco zero de relevância. Parou ali e ficou. O que vemos é um espectro dela tentando se movimentar na trama e não conseguindo. Nesse episódio isso ficou claro. Aqueles bons minutos perdidos naquelas sequências com Artie poderiam ter sido melhor aproveitados com personagens promissores como Britanny, Santana ou Emma.

 

O baile em sí foi um desbunde. O resultado, perfeito. O excesso de drama de Kurt atrapalhou o ritmo, mas a piada é adequadíssima. Eu mesmo já vi acontecerem coisas semelhantes quando estudava. A escolha de aumentar a tensão entre ele e Karofsky me apetece de maneiras indescritíveis. Mais ainda, numa série em que existe uma pressa quase absurda de concluir arcos, a relutância em mostrar o valentão saindo do armário dá a todo esse plot uma credibilidade poucas vezes vista em Glee.

 

Os números musicais também foram um espetáculo à parte. Estávamos precisando, aliás. Adele novamente surgindo na série na voz de Jesse e Rachel foi um achado. Um bom retorno para ele em uma versão bombástica de Rolling in the deep. A insípida Friday, daquela queridinha da internet ganhou uma versão que colocou a original no chinelo. A parceria de Artie e Puck em homenagem a sempre ótima Britanny, deu até um arrepiozinho de tão boa. E quem não levantou do sofá e dançou com Dancing Queen deve ter algum problema. O episódio terminou com uma ternura tão grande que eu quase chorei, juro.

 

Li algumas resenhas do episódio e os comentários de alguns fãs me deixaram muito preocupado. O movimento do "que chato essa falação sobre homofobia" vem crescendo a olhos vistos e começa a gerar uma antipatia imensamente prejudicial à questão. Talvez os heterossexuais não compreendam que o mais que falarem sobre o assunto ainda será pouco, se comparado a quanto ele nos persegue durante toda a nossa vida. Me parece estúpido que esse plot em Glee comece a ser criticado sob o viés da insistência, uma vez que insistente mesmo é a tentativa de toda e qualquer série adolescente de manter o foco em triângulos amorosos e decepções emotivas. Glee dedicar tanto espaço (que em perspectiva não é nem de perto tão grande assim) para os dramas e delícias de ser gay é um presente merecido a essa minoria que tão dificilmente ganha o horário nobre da televisão mundial.

 

Outra coisa, minha gente: Não tenham a ousadia de considerar a homofobia e o bullyng que vem de carona com ela, como um assunto superestimado pela mídia. Os gays, aqueles que se assumiram gays ou que demonstram organicamente essa condição, sabem que esse problema tem uma dimensão muito maior do que pretendem julgar os heterossexuais. Para efeitos futuros, a campanha tem que ser maciça sim. E quem é gay, sabe que 50% pelo menos, de seus maiores dramas reside no preconceito. Então não achem que é recorrente mostrar isso numa série como Glee. Ela está sendo muito coerente, acredite. Acredite em mim.

 

 

Sou só eu que quero o Kurt e o Dave juntos? Mais alguém acredita no potencial dramático desse casal?

Tags:
Dobrado Por Henrique Haddefinir às 19:03
Link | Dobre (comente) | favorito
|

Tudo Sobre Ele

Pesquisar Dobras

 

Setembro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

Ontem

Voltamos já...

Fundo Sem Garantia

Um "Eu Amo GLEE" enorme n...

Glee, sua linda.

A Cabecinha do Hond#$%@##...

Sala de Projeção: Marilyn...

Titanic 3D

Agora sim...

Tô quase me rendendo...

Thammy Ae!

Vida Real Pra Quê?

Lua de Sinteco

Sala de Projeção

BBB12 - Selva Dentro e Fo...

M-A-D-O-N-N-A Pra Quem En...

Páginas Viradas

Setembro 2012

Agosto 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Tags

todas as tags

Links

Autógrafos

Assine meu Livro
blogs SAPO

subscrever feeds